E a caravana passa...

E porque não uma viagem de caravana por Portugal? É muito mais simples do que imagina.
Por: Gonçalo Câmara
partilhar

Se se considera uma pessoa aventureira, esta pode ser uma excelente sugestão. Existem várias possibilidades, várias opções de escolha mas nada como arriscar. Esse será sempre o primeiro passo. Para a aventura ou para outra coisa qualquer. 

Deixe-me partilhar primeiro o que fiz nestes últimos dias: aluguei duas caravanas com amigos. As maiores que lá havia. Éramos dez e acabámos por dormir nas duas em excelentes condições. De Lisboa fomos até Braga, dormimos em Braga num parque de estacionamento espaçoso onde era permitido pernoitar, dali seguimos para Vigo, a estrada do norte que liga Braga a Vigo é de perder de vista, a vegetação da Galiza deixa qualquer um de queixo no chão. Ao chegarmos a Vigo, conseguimos arranjar um camping para pernoitar duas noites. Mais uma vez, fomos muito bem recebidos e ficámos bem instalados. Nos campings não falta nada. De Vigo voltámos a Portugal para Guimarães e terminámos no Porto. Quer dizer, a viagem em si terminou no "Rei dos Leitões" já à vinda para Lisboa. Tinha de ser. 

Esta foi uma aventura de cinco dias mas neste percurso apercebemo-nos quem há quem faça disto vida. Bom, nem tanto ao mar nem tanto à terra. A escolha é sua e uma experiência de caravana pelo país é uma daquelas aventuras que vai querer partilhar com toda a gente. Pode ir com amigos, pode ir em casal como pode até ir sozinho. Pode ir para o Norte mas também pode ir para o Sul. Descer a Costa Alentejana é já um programa bastante batido mas a verdade é que ainda pode explorar muito mais. Há praias praticamente virgens desde Vila Nova até Sagres. Mais uma vez, é querer e arriscar. 

 

Se optar por ir para o Sul, terá uma maior liberdade em estacionar, visto que há espaços onde só não pára no mar porque é capaz de não dar jeito. 

Aluguei a minha caravana pelo The Jolly Van mas existem milhares de opções em Portugal. Com duas camas, com cinco, com casa-de-banho, fogão, arrumações e extras para todos os gostos. 

A sensação de liberdade, o poder de controlar os imprevistos com novos destinos, o facto de não ter horários nem ter que estar naquele sítio àquela hora, é das melhores coisas que uma experiência de caravana pode oferecer. Para além de que aproveita para conhecer o país numa perspectiva diferente. 


É consigo. Agora mais uma vez pergunto: arrisca? 

Recomendamos