Estar perto do mar não tem que ser apenas no Verão

Mar não tem de ser sinónimo de Verão. Siga as minhas recomendações, mas vá com estômago!
Por: Gonçalo Câmara
partilhar

É certo que a praia, o mar, as ondas, a textura da areia e a brisa que nos percorre o rosto sabe sempre melhor com o tempo quente, mas as outras estações também promovem pequenos prazeres nestes ambientes. 

Todos sabemos que Portugal tem uma costa invejável. Seja a Vicentina ou a do Norte ou do Oeste, temos muita e boa. Aqui falarei de experiência própria: há sítios que não podemos deixar de visitar. Eis algumas sugestões: 

- Uma pequena descida pela Costa Alentejana. Onde começa e onde acaba não importa mas no trajeto é obrigatório passar por Porto Côvo, não sem antes comer um bom peixe no restaurante Bom Petisco. As lulas são divinais e o peixe está exposto para que se possa escolher antes de sentar. Porto Côvo, Vila Nova de Milfontes, Carrapateira, Zambujeira do Mar, Odeceixe, Praia do Amado. Há tanto para explorar. Até mesmo no Inverno. Há outros espaços que convidam a saborear nestas zonas: o Zé Inácio em Porto Côvo e a Tasca do Celso em Vila Nova. Vá com estômago.

- Aproveite também para explorar a zona da Praia Grande, Praia das Maçãs, Praia da Adraga. Para mim, os melhores restaurantes de peixe estão por ali. O restaurante da Praia da Adraga em primeiro lugar com os seus magníficos percebes e os mexilhões à espanhola, depois o Búzio na Praia das Maçãs com as saborosas amêijoas e a dourada ao sal e ainda o Bar do Fundo na Praia Grande com o farto e incrível risotto de lavagante. O difícil mesmo é escolher. O microclima desta zona já é um clássico e não deixa de ser um bom e diferente cartão de visita. 

- Moledo, Leça da Palmeira, Matosinhos. Podia ficar aqui o dia todo a dizer quão especiais são as praias do norte do país. Mas o melhor mesmo é passar por lá. Dar um passeio pelas praias e aproveitar para petiscar no L'Kodac, na Praia do Aterro, ou no Tavi na Foz. E porque não no Bar Bermelho em Matosinhos? Mais uma vez, a escolha é difícil. 

A nossa costa, o nosso mar, as nossas praias merecem mais do que a presença sazonal. Um bom passeio de Inverno nunca fez mal a ninguém. Antes pelo contrário. Faz bem ao espírito... e aos ossos. 

 

Veja a galeria de imagens:

Recomendamos