Função pública e governo voltam a reunir

Sindicatos ouvem contraproposta do governo sobre aumentos salariais em 2019.
20 set 2018
Agência Lusa
Atualidade

As estruturas sindicais da administração pública reúnem-se hoje com a equipa do Ministério das Finanças para discutirem pela segunda vez as medidas da proposta de lei do Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) para o setor.

Depois de uma primeira ronda, em 06 de setembro, na qual a Federação de Sindicatos da Administração Pública (FESAP), a Frente Comum e a Frente Sindical liderada pelo Sindicato dos Quadros Técnicos (STE) apresentaram as reivindicações para 2019, as estruturas sindicais vão esta tarde exigir uma contraproposta concreta ao Governo, nomeadamente quanto a aumentos salariais.

A Frente Comum, da CGTP, que é a primeira a ser recebida no Ministério das Finanças, exige uma atualização salarial de 4% para 2019, enquanto a FESAP propõe aumentos de 3,5% e a Frente Sindical liderada pelo STE 3%. 

Além dos aumentos salariais, os sindicatos exigem a reposição dos 25 dias úteis de férias no Estado, o aumento do subsídio de refeição, o fim da precariedade e a revisão do sistema de avaliação de desempenho, entre outras matérias. 

 

Mais Notícias