Atualidade

Operação especial: GNR fiscaliza condução pela via do meio e da esquerda

GNR fiscaliza condução pela via do meio e da esquerda até 2 de Abril

20 de março de 2017 às 11:47 por Redação

 

Prevenir e reprimir a circulação pela via do meio ou da esquerda sem que exista tráfego nas vias da direita é o objectivo da Operação"Via Livre" que a Guarda Nacional Republicana (GNR), vai iniciar esta segunda-feira, 20 de Março e que se vai estender até ao dia 2 de Abril em todo o território nacional. 

Nos últimos anos com o crescimento das auto-estradas e das vias equiparadas, com mais de duas vias disponíveis em cada sentido da faixa de rodagem e, apesar da obrigatoriedade de utilização da via mais à direita, verifica-se que a prática da circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda sem que exista tráfego nas vias mais à direita, para além de constituir infracção ao Código da Estrada, causa constrangimentos à segurança rodoviária e à fluidez de tráfego e muitas vezes potencia outras infrações por parte dos condutores. 

A GNR anuncia não só acções de sensibilização, mas também de fiscalização, durante a operação denominada "Via Livre - Circulação Rodoviária pela via mais à direita", que vai decorrer nas próximas semanas em duas fases: 

A primeira fase, a decorrer entre hoje, 20 de Março e o próximo domingo, 26 de março, traduz-se em acções de sensibilização, no sentido de alertar os condutores para os constrangimentos e perigos provocados pela circulação indevida, tanto ao nível da segurança rodoviária como da fluidez de tráfego. 

Segunda-feira, dia 27 de Março é o dia marcado para o arranque da segunda fase que vai decorrer até ao dia 2 de Abril. Durante este período, a GNR vai levar a cabo acções de fiscalização nas autoestradas e vias reservadas a veículos automóveis, a fim de combater a circulação abusiva pela via do meio e da esquerda.

 

 

Desde Junho de 2016, com a entrada em vigor das alterações ao Código da Estrada, que a circulação indevida de viaturas na via do meio passou a ser considerada uma infracção muito grave, punível por lei. Em caso de fiscalização, os automobilistas que circulem nas vias central ou mais à esquerda, sem viaturas na via da direita, ficam sujeitos a uma coima que pode ir dos 60 aos 300 euros. Quem não circular na via mais à direita pode ficar inibido de conduzir por um período de dois meses a dois anos e perde quatro pontos na carta de condução.

 


Mais Noticias