Atualidade

Pedrógão Grande: mundo do desporto solidário com vítimas da tragédia

Clubes, seleções e desportistas a título individual chegam-se à frente e ajudam as vítimas da tragédia em Portugal.

19 de junho de 2017 às 09:57 por Redação
LUSA

Clubes, seleções, instituições e figuras do desporto uniram-se pela dor da tragédia de Pedrógão Grande.

Da China, André Villas-Boas lançou o desafio de dar 10 € por cada like na foto que publicou no Instagram. Pouco tempo depois, fechou a iniciativa, com a garantia de que seguiam para a conta solidária 100 mil euros, equivalente aos 10 mil gostos conseguidos.

Também os três grandes do futebol português se solidarizaram, com iniciativas distintas: enquanto o FC Porto (em parceria com a Unicer e a Casa de Cantanhede) enviou um camião cheio de água, o Sporting enviou bens de primeira necessidade (em poucas horas reuniu 500 quilos de fruta, 600 litros de água e 2500 barras energéticas, além de bolachas e bens enlatados) enquanto o Benfica (através da Fundação Benfica) anunciou que apoiará a estrutura da proteção civil e bombeiros.

Entre os outros clubes, destaque para o Leixões, que anunciou que vai doar a receita do jogo de apresentação com o Rio Ave, para as vítimas da tragédia.

Há ainda quem esteja a tentar organizar um jogo entre a seleção nacional e um conjunto de estrangeiros que jogam em Portugal.

Também a seleção nacional se associou à onda de solidariedade, não só com os fumos negros no jogo de ontem, para a Taça das Confederações, mas também com a promessa de doar uma verba para apoiar as vítimas.

 

?? Porquê..? #tragédia #pedrógão #triste #sadday #prayforportugal

Uma publicação partilhada por P A T R Í C I A M A M O N A (@patriciamamona) a

 

 


Mais Noticias