Música

Livro ilustrado sobre a História do Rock

Entrevista à autora Rita Nabais e à ilustradora Joana Raimundo.

07 de dezembro de 2017 às 18:53 por Gonçalo Palma

Está à venda nas lojas o livro ilustrado "A História do Rock - Para Pais Fanáticos e Filhos com Punkada". O livro é escrito e estruturado por Rita Nabais e conta com a ilustração de Joana Raimundo.

"A História do Rock" faz uma explicação informal devidamente ilustrada sobre 150 ícones da música popular urbana, que vai desde o blues elétrico e o rock & roll ao rock psicadélico, ao heavy metal e ao trip hop. Vai da recuperação do pós-guerra até aos dias de hoje.

Entrevistámos Rita Nabais e Joana Raimundo, sobre esta obra lançada pelas Edições Escafandro - editora sediada em Alcobaça, a cidade de onde também são Rita Nabais e Joana Raimundo.

A paixão de Rita Nabais pelo rock e a sua profissão de professora encaminharam-na para a escrita de "A História do Rock - Para Pais Fanáticos e Filhos com Punkada". Mas a semente surgiu bastante mais cedo. "Os meus pais ofereceram-me a história da música em banda desenhada quando eu tinha dez anos, que vai da pré-história até aos anos 60. A Rita estava nos anos 80. Pensei: acabou aqui a música? Não há mais nada?".

 

Rita Nabais começou por fazer listas de bandas e artistas que achava que tinham marcado a história do rock. Consultou ainda muitos sites e tops de melhores bandas de determinado género, além de auscultar a opinião de pessoas próximas como a ilustradora Joana Raimundo.

Depois, "agrupei as bandas por categorias. Não estilos, porque se não, iria levar na cabeça. Eu não podia pôr só hard rock, heavy metal, pop-rock ou blues-rock. Para não me chatearem muito, porque eu também sou assim um bocadinho fanática, vou arranjar um nome que seja giro, que ilustre esse género mas que não o diga diretamente. Imagina: o hard rock chama-se Duros como Pedras". Outro exemplo, o glam-rock está definido como Plumas e Lantejoulas. Para o grunge, também se vai ao guarda-roupa com a legenda de Camisas e Flanelas.

 

 

"A História do Rock - Para Pais Fanáticos e Filhos com Punkada" poderia ser entendido como uma forma de explicar às crianças a música urbana e os seus movimentos alternativos, mas Rita Nabais não quer "evangelizar". "A inclusão das bandas que achamos serem alternativas ou que não são as mais famosas, são marcantes na história. Os Smiths podem não chegar a todo o lado ou não sejam muito conhecidos, mas a verdade é que na história do rock marcaram imenso e influenciaram muitos outros grupos de música. Quem diz os Smiths, diz grupos ainda mais alternativos que estão lá. E há bandas que estão lá porque achei que tinham piada. Há uma categoria chamada Bandas Malucas em que estão desde o Frank Zappa aos Residents, ou os Devo".

 

 

Tão importantes como os textos de Rita Nabais, são as ilustrações da amiga Joana Raimundo, com quem também partilha a paixão musical.

Nas 150 ilustrações, houve figuras que deram particular prazer à ilustradora, como Marilyn Manson. "Ele aparece com um corpete, e tem meias de liga e meias de rede rasgadas, [apoiado] numas muletas. Ele aparecia assim nos concertos e parecia-nos interessante para demonstrar o lado freak dele, sem puxar demasiado ao terror".

 

 

"O mais difícil foi o Bruce Springsteen porque eu não conseguia acertar com a cara dele. Tentei fazer uma expressão, como se ele estivesse a fazer força, que é aquela cara que ele faz quando canta. Não consegui caricaturá-la para que ficasse mais reconhecível", descreve Joana Raimundo.

 

 

O livro está à venda em livrarias selecionadas - como a Ler Devagar ou a Barata - e no site das Edições Escafandro.

 

 

 

 

 

 

 


Mais Noticias