Ter um cão faz bem à nossa vida!

Resolvi partilhar consigo as minhas 4 raças de cão preferidas para se ter em casa e se viver de forma funcional.
Por: Paulo Fernandes
partilhar

Esta semana li um artigo que "A companhia de um amigo de quatro patas também reduz em cerca de um terço o risco de sobreviventes de enfartes ou AVCs voltarem a ter esses episódios". No fundo este artigo é só mais uma confirmação: ter um cão faz bem à saúde. 

Resolvi, por isso, partilhar consigo as minhas 4 raças de cão preferidas para se ter em casa e se viver de forma funcional. 

Logo à cabeça: adopte um! Grande parte dos cães podem estar consigo. Só precisam de ser ensinados a tal. 

Ainda assim, e se estiver à procura de um patudo para viver em família, recomendo (e vamos partir do pressuposto que é adquirido num bom criador e por isso tudo no cão é o esperado da raça):

-Golden Retriever: sou suspeito, tenho dois. Aprende depressa, gosta de brincar, sensível com crianças, gosta de dormir e quando chegar a altura de passear na rua vão fazer muitos amigos. Cão e os outros membros da família.

-Labrador: parecido ao golden, mas com pilhas e apetite vitalícios. É ter atenção a isso. Talvez o pêlo por ser curto seja mais chato de limpar, mas nada que um bom aspirador não resolva. Fará tudo por uma bola.

-Cão de água português: brincalhão, um bom temperamento, mais energia que o Golden, mas menos que o Labrador. Gosta tanto de miúdos, como de água. É deixá-lo ser feliz na água nos locais próprios para o efeito. Convém o pêlo ser tratado e escovado! Se não o chão de sua casa passa a ser preto. 

-Schnauzer mini preto: apesar de eu não ser um particular admirador de cães de porte pequeno, também sei que não dá muitas vezes para ter cães de porte médio ou grande como desejaríamos por causa da falta de espaço. Por isso, o Schnauzer mini preto é uma boa opção. Aprende depressa, tem muito apetite, gosta de passear com os donos (mas também adora um bom tapete para se esticar), gosta de brincar com crianças, adaptam-se com facilidade a uma vida de cidade (e consequentes estímulos). 

Com base nas minhas vivências, realidade familiar, convivências com cães, e claro, gosto, escolheria uma destas raças, ou então lá está, adoptava. 

Não posso terminar sem dizer que: Golden Retriever, para mim, são os melhores! 

Recomendamos