Quarentena: como queimar calorias no sofá... e a olhar para o ecrã!

O exercício físico é fundamental, sim, mas... perder calorias no sofá pode muito bem ser mais um aliado nestes tempos de isolamento social.
Por: Margarida Moura
partilhar

Sou totalmente adepta do exercício físico e tento treinar todos os dias em casa, num mini ginásio adaptado, porque estar em casa o dia todo pode parecer bom à primeira vista, mas a verdade é que o exercício físico é essencial para manter corpo e mente sãos, certo? Logo vi que concordava comigo.

Ainda assim, e porque o espaço para exercício não é o mesmo que o de um ginásio (ou espaço aberto ao ar livre), eis o que descobri e que chega mesmo na altura certa: queimar calorias sem sair no sofá. Parece-lhe bem?

E não, não é "fake news". 

Segundo uma equipa de investigadores da Universidade de Westminster, no Reino Unido, ver filmes de terror não provoca apenas palpitações e suores frios, mas ajuda a acelerar o metabolismo, que se traduz a perder cerca de 184 calorias por filme.

Não é o mesmo que uma hora de treino, mas sempre ajuda alguma coisa. Desde que não se encha de bolachas e snacks, claro.

Assim sendo, deixo-lhe uma lista de filmes de terror para ver:

- "The Ring" - Gore Verbinski, 2002;
- "Halloween" – John Carpenter, 1978;
- "Carrie" – Brian De Palma, 1976;
- "The Omen" – Richard Donner, 1976;
- "The Conjuring" – James Wan, 2013;
- "A Nightmare on Elm Street" – Wes Craven, 1984;
- "Annabelle" - John R. Leonett, 2014;
- "It" - Andy Muschietti, 2017;
- "Pet Sematary" - Mary Lambert, 1989;
- "The Shining" - Stanley Kubrick, 1980. 

Ao todo, são 1840 calorias. Nada mau!
 

Recomendamos