Massagem do bebé: uma ajuda para noites tranquilas

Pedi ajuda à terapeuta e formadora Magda Soares que explica porque é algo tão vital nesta fase dos pequeninos.
Por: Ana Carreira
partilhar

É verdade que já ando longe das noites mal dormidas e daqueles primeiros meses difíceis, mas foi depois dum desabafo duma amiga que tem tido uma quarentena um bocadinho "desafiante" - vamos usar uma palavra bonita - que decidi partilhar algo que pode ser muito útil, se tem em casa um pequenino ou pequenina por estes dias que parece precisar de ajuda para ficar tranquilo. ?E bem sabemos que muitas vezes nem todo o colo e miminhos do mundo fazem milagres!

Está a rever-se aqui? Então aponte a dica: Massagem do bebé, já ouviu falar? 

Pedi ajuda à terapeuta e formadora Magda Soares que explica porque é algo tão vital nesta fase dos pequeninos. E, na verdade, a parte boa é que a Magda ensina aos pais como se faz. (Por estes dias, por vídeo, que ainda não é altura de saídas).

"A massagem do bebé consiste numa sequência de toques, realizados com muito carinho de modo a estimular e equilibrar o desenvolvimento físico, emocional e energético do bebé. Contribui ainda para a prevenção de problemas comuns aliviando cólicas e obstipação, facilitando e regulando o sono, eliminando tensões e bloqueios, entre outros. Transmite também uma sensação de confiança aos pais e reforça o vínculo maternal, tão importante na fase inicial da vida do bebé." 

A terapeuta Magda Soares partilhou comigo alguns benefícios da massagem do bebé:

Para o Bebé:
. Fortalece o sistema imunitário e estimula os cinco sentidos;
. Proporciona alívio das cólicas, dores de dentes e outros mal-estares;
. Reduz o stress, permitindo a normalização dos padrões de sono;
. Favorece o sentimento de Confiança e Amor, desenvolvendo a auto-estima. 

Para os Pais:
. Melhora a capacidade de interpretar os sinais dados pelo bebé;
. Promove a intimidade e cumplicidade com o bebé;
. Fortalece a relação pais/filho;
. Tranquiliza-os quanto ao seu desempenho parental.

Eu usei e abusei desta terapia durante aquelas noites de que ninguém se quer lembrar e ainda hoje, com 5 anos, lá o convenço fazer umas massagens de vez em quando para ver se aquela pilha de energia sossega um bocadinho. Na verdade, ele quer é saltos e super-heróis, mas antes de adormecer, lá o convenço. Às vezes, vá! 


Força para esta fase e noites tranquilas! 

Recomendamos