M80 Roteiro de férias 2020: S. Miguel, uma pérola atlântica

A equipa M80 partilha consigo os lugares em Portugal que conhecem e recomendam para este Verão.
Por: Gonçalo Câmara
partilhar

Começo desde já por assumir a parcialidade deste texto. Sou suspeito, metade do meu sangue é açoriano e seria complicado fugir às raízes. Em minha defesa, afirmo a verdade de todos os factos que aqui deixarei e a transparência das sugestões desta pérola atlântica. 

Os Açores precisam de tempo, S.Miguel não é excepção. Embora os estímulos sejam maiores, há que ter tempo para parar nesta ilha. Uma coisa é ver, outra é conhecer. Deixo ao seu critério a gestão desse tempo mas nunca menos que sete dias, na minha opinião. 

Se quer ter uma experiência para viver a floresta no seu estado mais puro, para conhecer e sentir a sua autenticidade, fique no Furnas Lake Forest Living. É certo que ficará cercado de toda a paisagem verdejante e emergido num silêncio que protege. Fique nas Furnas, porque acabará por ser uma zona que vai querer explorar com tempo. 

Alugue um carro para poder fazer a sua vida à vontade e dar as voltas que quer, à hora que quer. Visite a Lagoa das Furnas, a Lagoa do Fogo e a das Sete Cidades. São as mais conhecidas. Demore nas suas paisagens, vale a pena. 

Atreva-se a mergulhar na Ferraria ou no Porto da Caloura, seguido de uma almoçarada com o melhor peixe do Atlântico no Bar da Caloura. Se preferir carne, experimente o bife da Associação Agrícola. Perca-se nos trilhos da ilha e mergulhe no melhor que o mar dos Açores tem para oferecer: a temperatura da água. Conheça a Praia da Ribeira Quente, os Areais, a Praia dos Moinhos ou a Praia de Água D'Alto. 

S. Miguel, o problema será sempre ir embora. (Veja as imagens em baixo).

Recomendamos