A m80 em Direto

07h às 11h
5 coisas que não sabe sobre Prince
Sandra Ferreira
Partilhar

5 coisas que não sabe sobre Prince

Sandra Ferreira

Factos que talvez não saiba sobre este artista que criou algumas das canções da nossa vida.

 

1 | Prince era uma fábrica de fazer canções. O fluxo criativo era interminável. Em 40 anos lançou 39 discos, quase um por ano. Quando morreu continuou a vendar mais discos do que qualquer outro artista vivo. O ritmo tem sido mantido desde a sua morte e todos os anos sai um álbum novo com mais material inédito. 

 

2 | Vivia por cima do seu estúdio para poder gravar a toda a hora. Shelby J, a sua vocalista, disse numa entrevista à BBC que era frequente Prince ligar-lhe às 2h da manhã porque tinha uma ideia e queria gravar. Paisley Park, a casa e estúdio de Prince em Minneapolis, é agora um museu que pode ser visitado por fãs.

 

 

 

3 | Prince tinha um cofre que era uma grande sala cheia de estantes, do chão ao tecto, onde guardava tudo o que fazia: gravações, vídeos e as letras das canções. Foram encontradas preciosidades como a letra de "Little Red Corvette", que tem um desenho de um corvette vermelho no título. 
Há tantas canções que podemos ter um álbum por ano até ao final do milénio. 

 

4 | Era um perfeccionista na guitarra e conseguia tocar em palco solos de guitarra exatamente iguais ao que estava nos seus discos. Exigia a mesma perfeição aos músicos que estavam com ele penalizando-os com multas (cortes no salário) quando isso não acontecia. 

 

5 | Além de ser uma das estrelas Pop mais reconhecidas do planeta era também um filantropo. Só depois da sua morte foi revelada a extensão das suas boas ações, muitas delas anónimas. Apoiou o Movimento Black Lives Matter, organizações que criam empregos em comunidades carentes e doou milhares para uma instituição que apoia mulheres e crianças no Afeganistão.

 

Recorde o vídeo de "When Doves Cry":

PUB (0:)

 

Em julho sai o disco inédito "Welcome 2 America", gravado em 2010, e nele Prince aborda assuntos como a desigualdade racial e a injustiça social.

No single de apresentação, diz que os Estados Unidos são terra de liberdade mas também casa de escravos. 

A lenda continua.  

 

Partilhar