7 tipos de pessoa a enfardar no Natal
Susana Romana
Partilhar

7 tipos de pessoa a enfardar no Natal

Qual é o que melhor o define?

1 | O Sonso: é aquele que nunca ataca nenhuma guloseima, só prova em pedacinho. Depenica aqui, depenica ali, e tudo junto dá que esteve a enfardar constantemente. Não come nada até ao fim, mas come mil pedacinhos saltitantes, um nómada do bolo alimentar. Grão a grão mete a galinha uma banda gástrica.

2 | O Ursinho: é o que come como se fosse hibernar até Abril e tivesse de criar uma camada adiposa da espessura do pneu de um Boeing 747. Não disfarça sequer, atraca-se à comida e arranca um braço a quem o tentar desviar da aletria.

3 | O Alternativo: é o que inventa as suas próprias tradições gastronómicas. “Olhem, eu Bolo Rei não como, mas todos os anos faço um chesecake de frango frito com alga de sushi e vienetta”.

4 | O Snack Bar: é o que cheira sempre a fritos. Às oito da manhã já está na azevia de batata doce, passa para o coscorão, almoça uma pratada de fatias douradas e aterra de boca nos sonhos de abóbora, com a desculpa de que ao menos tem legume.

5 | O Consoeiro: é aquele que se guarda para a consoada, evitando começar a descambar logo no início de Dezembro. Mas na noite de Natal come até as travessas de loiça da baixela familiar.

6 | O Sumo de Aipo: é aquele que está sempre de dieta, até nesta altura do ano. Por isso come esferovite com canela em vez de rabanadas e jura que está óptimo. Sou contra.

7 | O Nova Espécie: porque o corpo dele não é 70 por cento água, é 70 por cento chocolate.