Adoro comer, mesmo, de tudo!

Não foi sempre assim! Segundo consta na minha família, eu era menina para detestar estar à mesa, ao ponto de tomar óleo de fígado de bacalhau para abrir o apetite.
Por: Ana Carreira
partilhar

Adoro comer. Mesmo. De tudo. 

Não foi sempre assim! Segundo consta na minha família, eu era menina para detestar estar à mesa, ao ponto de tomar óleo de fígado de bacalhau para abrir o apetite (lembra-se? Acho que não fui a única, ahaha!).

Pois bem, houve uma metamorfose, essa mini pessoa já não sou eu. E hoje em dia gosto muito de experimentar vários pratos, se possível, dos quatro cantos do mundo. Adoro essa partilha de sabores e culturas, mas a nossa cozinha portuguesa, para mim, continua sempre no topo. 

Há uns dias, descobri um livro que deixo aqui para partilhar consigo. São 30 receitas de comidinha boa, saudável e à portuguesa. A recolha foi feita entre muitas famílias portuguesas que acederam ao desafio de improvisar várias receitas tradicionais portuguesas, tornando-as mais ricas do ponto de vista nutritivo. 

 

 

Claro que me pus à conversa com a nutricionista Patrícia Padrão, da Universidade do Porto, que, em conjunto com o chefe Hélio Loureiro, chegou a esta selecção de pratos e sopas. "O objectivo deste livro é mostrar que uma açorda ou um cozido podem ser saudáveis e de alto valor nutricional", segundo me contou. 

Podem? Pois podem. E há tantas mais receitas para descobrir aqui, neste livro. Estou a escrever isto e já estou de água na boca!

Afinal, a nossa cozinha é mesmo das melhores do mundo. Concorda?

Recomendamos