A m80 em Direto

07h às 11h
Agência Lusa
25 julho 2021, 08:12
Partilhar

Tóquio2020: Gustavo Ribeiro oitavo no skate

Partilhar
Agência Lusa
25 julho 2021, 08:12
O 'skateboarder' português despede-se com um diploma na estreia da modalidade em Jogos Olímpicos.

O ?skateboarder? português Gustavo Ribeiro geriu uma lesão num ombro durante a qualificação para a final da prova de rua dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, porém uma queda na primeira ?run? diminuiu-o fisicamente, ficando em oitavo, com um diploma.

O almadense, de 20 anos, esteve cerca de dois meses parado devido à lesão e só há duas semanas voltou a trabalhar: uma queda no último exercício do primeiro desafio da final custou-lhe o desempenho no resto da prova, na qual praticamente não pontuou no resto dos exercícios.

O quinto classificado do ranking mundial começou com 7,23 pontos na primeira ?run? e na segunda voltou a cair, somando 5,82 em 10 possíveis: nas cinco ?trick?, nas quais se pontua uma manobra, só somou os dois pontos do deslizamento de despedida na última, sem tentar sequer qualquer acrobacia.

Os 8,52, 8,45, 8,19 e 7,50 foram as pontuações válidas nas eliminatórias, nas quais teve a sorte de participar na última série, sabendo que notas precisava para ser um dos oito finalistas.

O japonês Yuto Horigome, com 37,18 pontos, o brasileiro Kelvin Hoefler, com 36,15, e o norte-americano Jagger Eaton, com 35,35 levaram, respetivamente, o ouro, prata e bronze do Parque de desportos urbanos Ariake.

Apesar dos problemas físicos, Gustavo Ribeiro sai de Tóquio2020 com um diploma, reservado para os oito primeiros classificados.

O skate fez a sua estreia como modalidade oficial em Jogos Olímpicos e Gustavo Ribeiro assegurou o segundo diploma olímpico para Portugal, depois do conquistado no sábado pela judoca Catarina Costa, quinta na categoria de -48 kg.

Partilhar