A m80 em Direto

07h às 11h
Redação
26 outubro 2021, 12:31
Partilhar

Springsteen toca 'The River' no programa de Colbert

Partilhar
Greg Allen/Invision/Associated Press
Redação
26 outubro 2021, 12:31
Entrevista repleta de memórias antigas do Boss.

Bruce Springsteen esteve esta noite passada no programa televisivo norte-americano "The Late Show with Stephen Colbert", apresentado por Stephen Colbert.

 

Nos estúdios da CBS, o rocker lendário tocou a solo um dos seus grandes clássicos, 'The River' (de 1980), que estreou ao vivo em 1979 no evento ecologista por energias alternativas e contra a energia nuclear "No Nukes: The Muse Concerts for a Non-Nuclear Future", que decorreu em duas noites no Madison Square Garden, em Nova Iorque, em setembro de 1979. Bruce Springsteen e a sua E Street Band atuaram nas duas noites. O filme-concerto "The Legendary 1979 No Nukes Concerts" sai a 19 de novembro em DVD e blu-ray, e também nos formatos áudio de CD e vinil .

 

Na entrevista a Stephen Colbert, Bruce Springsteen recorda a noite em que se inspirou para a escrita da canção 'The River': "eu vivia numa quinta, [no estado de] New Jersey. Estava a regressar a casa de um estúdio. Fui para o meu quarto e não me lembro com precisão qual foi a inspiração. Penso que andava a ouvir Hank Williams e ele tem uma música em que estava a descer o rio que estava seco. E a minha irmã, que vivia a meia-hora de mim, estava a levar a vida dos meus pais. Era uma vida muito triste. O seu marido era um trabalhador da construção civil que estava a enfrentar a recessão dos anos 70. A minha irmã e o seu marido foram a inspiração para essa canção", citando depois os versos iniciais da letra de 'The River': "I come from down in the valley / Where, mister, when you're young / They bring you up to do like your daddy done".

 

Bruce Springsteen levou um objeto muito especial para o talk show de Colbert: a guitarra elétrica com que se fotografou na capa a preto e branco do emblemático álbum de 1975, "Born To Run". "Toco esta guitarra há 50 anos. Comprei-a quando eu tinha 22 anos, por 185 dólares", numa loja de New Jersey. "É feita de duas guitarras diferentes. Esta guitarra tem estado em todos os clubes, teatros, pavilhões e estádios onde temos atuado à volta da América e do resto do mundo”.


 

Partilhar