Ouça a M80 nas nossas Apps
Redação / Agência Lusa
21 janeiro 2022, 19:13
Partilhar

Pré-avisos de greve aumentam 34,2% em 2021 para 872

Partilhar
LUSA
Redação / Agência Lusa
21 janeiro 2022, 19:13
De janeiro a dezembro do ano passado entraram mais 222 pré-avisos de greve no Ministério do Trabalho.

O número de pré-avisos de greve comunicados ao Ministério do Trabalho em 2021 aumentou 34,2% face ao ano anterior, totalizando 872, revelam dados publicados pela Direção-Geral do Emprego e das Relações do Trabalho (DGERT). De janeiro a dezembro do ano passado entraram assim mais 222 pré-avisos de greve no Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social do que em 2020, ano em que começou a pandemia de covid-19 e quando foram entregues 650 pré-avisos.

O número registado em 2021 é, por outro lado, inferior ao de 2019, período anterior à pandemia em que foram entregues 1.077 pré-avisos de greve, sendo este o valor mais alto desde 2013. Os dados da DGERT, que se referem aos pré-avisos comunicados no âmbito do Código do Trabalho, excluindo assim a função pública, mostram que, do total de pedidos entregues no ano passado, 697 ocorreram no setor privado e 175 no setor empresarial do Estado. 

Os dados correspondem aos pré-avisos comunicados, mas podem não corresponder às greves efetivamente realizadas, já que algumas podem ter sido suspensas.

 
Partilhar