Ouça a M80, faça o download da App.
Redação / Agência Lusa
10 junho 2022, 14:33
Partilhar

Primavera Sound: Pavement estreiam-se hoje em palcos portugueses

Partilhar
Danny Lawson (Associated Press)
Redação / Agência Lusa
10 junho 2022, 14:33
Festival termina amanhã e acontece na cidade do Porto.

Os norte-americanos Pavement estreiam-se hoje em palcos portugueses, no festival Primavera Sound, que decorre até à madrugada de domingo, no Porto, e cujo cartaz do segundo dia inclui também Beck, King Krule, Slowdive e Shellac, entre outros.

Em junho de 2019, os Pavement anunciaram que iriam voltar a reunir-se em palco no ano seguinte. Um desses reencontros estava marcado para o NOS Primavera Sound, mas a pandemia da covid-19 acabou por adiar o plano dois anos.

A banda liderada por Stephen Malkmus sobe este ano aos palcos mais uma vez, desde que se separou em 1999, depois de o ter feito numa digressão mundial em 2010, que não passou por Portugal.

Com o estatuto de banda de culto e apenas cinco álbuns de estúdio na discografia, os Pavement são compostos por Scott Kannberg, Mark Ibold, Steve West e Bob Nastanovich, além de Malkmus.

Além dos Pavement, o festival tem hoje também Beck como cabeça de cartaz. Para o músico este é um regresso a Portugal, onde atuou várias vezes desde o final dos anos 1990, a última das quais em 2008, em Lisboa.

Além dos Pavement e de Beck, atuam ainda hoje, no palco principal, Beach Bunny e Slowdive. Os concertos neste palco começam às 18:00, mas a música começa a ouvir-se no recinto às 17:00, nos palcos Cupra, onde atuam Holy Nothing, Rina Sawayama, King Krule e Arnaldo Antunes, e Super Bock, onde atuam Montanhas Azuis, María José Llergo, Amaia e 100 Gecs.

 No festival há ainda outros dois palcos, por onde vão passar Rita Vian, Shellac, Rolling Blackouts Coastal Fever, Jehnny Beth, Chico da Tina, Mvria, D.Tiffany, Aurora Halal, Special Request e Avalon Emerson.

No recinto, além dos cinco palcos, há um espaço de restauração, onde não faltam "petiscos tradicionalmente portuenses", e o Primavera Market, com bancas de 18 marcas "de áreas tão diferentes como moda, artesanato urbano e até um estúdio de tatuagens".

Na 9.ª edição, o festival mantém a utilização de copos reutilizáveis, que têm o custo de um euro e podem ser usados "as vezes necessárias durante o evento, não sendo possível efetuar a sua devolução".

Para chegar ao recinto, há várias carreiras da STCP que param nas imediações do festival. Para abandonar o recinto, aquela empresa de transportes criou uma ligação direta entre a Praça Cidade Salvador e os Aliados, com várias paragens ao longo do percurso, e que funciona entre a 01:00 e as 07:00.

Quem optar pelo Metro deverá usar a linha azul, que funciona entre as 06:00 e a 01:00, e sair na estação Matosinhos Sul.

Além disso, haverá um parque para bicicletas na entrada do recinto.
 

Partilhar