Ouça a M80, faça o download da App.
Redação / Agência Lusa
27 junho 2022, 16:55
Partilhar

Conferência dos Oceanos condiciona trânsito

Partilhar
Mario Cruz/LUSA
Redação / Agência Lusa
27 junho 2022, 16:55
A Conferência dos Oceanos de 2022 é coorganizada por Portugal e pelo Quénia e decorre de 27 de junho a 1 de julho, na capital portuguesa.

A Conferência dos Oceanos das Nações Unidas, arrancou esta segunda-feira em Lisboa e conta com um dispositivo de segurança com cerca de 1.650 agentes, anunciou a PSP, que prevê a presença de 7.000 pessoas no evento.

Perante a participação de cerca de 140 países, Domingos Antunes, o superintendente da PSP assinalou a adoção de "medidas adicionais de segurança", incluindo "uma restrição do espaço aéreo em Lisboa", com especial incidência no Parque das Nações, mas também sobre Cascais, sendo que as zonas do Rio Tejo e de Carcavelos vão igualmente ter restrições ao tráfego de embarcações, com o objetivo de reunir "todas as condições para que este evento decorra com a maior serenidade".

Sendo esperados alguns "constrangimentos de trânsito" no Parque das Nações, Domingos Antunes apelou ao uso de transportes públicos e explicou que será permitida a circulação de trotinetas e bicicletas nas principais vias daquela área da cidade.

"Na zona do Parque das Nações vamos ter um condicionamento do trânsito desde a Rotunda dos Vice-reis, passando pela Avenida da Boa Esperança e na Rua do Bojador, que vai desaguar ao próprio evento".

A Conferência dos Oceanos de 2022 é coorganizada por Portugal e pelo Quénia e decorrerá de 27 de junho a 1 de julho, na capital portuguesa.

Partilhar