Ouça a M80, faça o download da App.
Ruben Mateus
06 agosto 2022, 07:30
Partilhar

Produção de vinho deverá cair 30% em consequência da seca e do calor

Partilhar
Ruben Mateus
06 agosto 2022, 07:30
Balanço da Confederação Nacional da Agricultura.

Os dias quentes e a seca levam a que as vinhas nacionais possam vir a ter perdas de 30% durante as próximas semanas.

As vindimas deste ano são afetadas pelo facto de alguns terrenos terem sofrido escaldões.

A consequência imediata é a menor produção de vinho, como explica Laura Tarrafa da Confederação Nacional da Agricultura.

Outra das culturas afetadas é a maçã, sendo que aqui o cenário repete-se.

A perspetiva é que parte da produção não possa ser usada para consumo humano.

Além das vindimas e da apanha da maçã, a criação de animais também sofre um revés com a seca e as temperaturas mais elevadas.

De acordo com Laura Tarrafa, alguns agricultores têm sido obrigados a diminuir o número de animais que têm a cargo.

A única solução encontrada para sustentar estes animais passa pela compra de rações que assim substituem os pastos que deixaram de existir.

A Confederação Nacional da Agricultura pede uma resposta do Governo à seca para que estes problemas possam ser ultrapassados.

Partilhar