Ouça a M80, faça o download da App.
Redação
11 agosto 2022, 09:36
Partilhar

Mais um número histórico para Beyoncé

Partilhar
Chris Pizzello (Invision/Associated Press) - arquivo de 2021
Redação
11 agosto 2022, 09:36
Décimo número um do top da Billboard de r&b/hip hop é a sua mais recente marca.

Beyoncé acaba de entrar numa elite histórica de figuras que alcançaram um mínimo de dez nº1 do top norte-americano de r&b/hip hop, por via da nova liderança do seu single 'Break My Soul' na referida tabela de vendas da Billboard.

Beyoncé torna-se assim na quarta mulher a ter pelo menos dez singles nº1 do top da Billboard de r&b/hip hop, depois de Aretha Franklin, Janet Jackson e Mariah Carey. Queen Bey (como também é conhecida) entra numa pequena elite histórica, com mais um feito na carreira recheada de proezas a nível de números de vendas.

 

'Break My Soul' faz parte do seu último álbum, "Renaissance", o primeiro em mais de seis anos na sua discografia. O longa-duração está a ser também um autêntico fenómeno de críticas elogiosas na imprensa, com uma coleção de notas elevadas em publicações como o AllMusic, The Guardian, a Rolling Stone ou o New Musical Express, e também em alguns órgãos de informação portugueses. 

Apesar da aclamação da imprensa especializada e das excelentes vendas, "Renaissance" não escapou a algumas controvérsias, que o submeteram a emendas nas novas misturas, como a retirada da letra da canção 'Heated' da referência repetida a "spasm", considerada preconceituosa para quem sofre de paralisia cerebral, ou o apagamento de uma parte vocal da canção de Kelis, no tema 'Energy', por falta de autorização para essa utilização.  

Partilhar