Ouça a M80, faça o download da App.
Redação / Agência Lusa
26 setembro 2022, 13:43
Partilhar

Morreu a lenda do jazz Pharoah Sanders

Partilhar
Pharoah Sanders no Arroyo Seco Music Festival, Pasadena, Califórnia, 2018 Chris Pizzello/Invision/Associated Press
Redação / Agência Lusa
26 setembro 2022, 13:43
O saxofonista morreu no fim de semana. Tinha 81 anos.

Pharoah Sanders, saxofonista que abraçou a influência da música africana e indiana, morreu no fim de semana aos 81 anos, anunciou a editora em comunicado.  

"Estamos destroçados por anunciar que Pharoah Sanders morreu. Morreu pacificamente, ao lado da família e amigos, em Los Angeles", avançou a editora Luaka Bop.

Farrell "Pharoah" Sanders nasceu em 13 de outubro de 1940 em Little Rock, Arkansas, numa modesta família batista.

Tocou clarinete na orquestra da escola reservada a negros e frequentou os clubes de blues da cidade, até que em 1959 se mudou para Oakland (Califórnia), onde se juntou a vários grupos de rhythm and blues.

O saxofonista tenor Pharoah Sanders é considerado um dos herdeiros de John Coltrane, com quem trabalhou, tendo colaborado também com outros nomes do jazz, como Ornette Coleman e Don Cherry.

É considerado um mestre do jazz espiritual, corrente do final dos anos 1960, pretendendo unir as sociedades divididas por tensões raciais, sociais e políticas através das suas notas musicais.

Partilhar