Dia Mundial da Terra
Ana Bernardino
Partilhar

Dia Mundial da Terra

Ana Bernardino

Quer boas sugestões para o fim de semana? Este é um espaço com dicas culturais, de roteiros turísticos, viagens a fazer e até livros a ler. Com edição de Ana Bernardino, bem vindo/a ao "Agora Ia".

22 de abril

Hoje assinala-se o Dia Mundial da Terra e, por isso, celebramos o Planeta. 

Mas a iniciativa em destaque acontece no sábado, dia 23. A Fundação Calouste Gulbenkian festeja a data com atividades grátis. Entre as 10h00 e as 19h00 de sábado pode participar em oficinas criativas, sessões de contos e conversas. Também pode conhecer as aves reais e imaginárias representadas na coleção do Museu Gulbenkian. E ainda a oficina de danças do mundo que inclui um baile ao pôr do sol. 

Amanha é Dia Mundial do Livro mas já esta sexta-feira destacamos o desfile “Manifesta-te pela leitura”. Esta tarde, a partir das 14h30, a marcha que comemora os livros, os autores e os leitores, parte do Largo de Camões para o Chiado e Rossio, com paragens para leituras em voz alta junto às livrarias. É uma marcha organizada pelo Plano Nacional de Leitura e é uma manifestação cívica aberta a todos.

Para celebrar o 25 de abril, na segunda-feira, a sugestão passa pelo Palacete de São bento, a residência oficial do Primeiro-Ministro, que abre os Jardins no dia da Liberdade para assinalar os 48 anos da Revolução dos Cravos. Alguns dos destaques passam pela atuação de Dino d’Santiago e da Orquestra Sem Fronteiras, uma exposição de cartazes do 25 de Abril e workshops de impressão de postais tipográficos e de cartazes. Das duas às 6 da tarde a entrada é gratuita.

E como não poderia deixar de ser, se falamos do 25 de abril temos que falar do Museu do Aljube. Hoje e amanhã, entre as 16h00 e as 20h00, podemos beber um cocktail revolucionário, dançar ao som de músicas de intervenção com Luís varatojo e Surma.  

Em Évora, temos até 14 de maio para visitar o Convento da Cartuxa. A partir daí o convento vai receber novamente as irmãs de clausura. Este é um exemplar de arquitetura religiosa do século XVI e tem um dos maiores claustros portugueses. As visitas são livres e gratuitas às terças e ao sábado, das 10h00 às 13h00.

A Casa da Memória, em Guimarães, celebra seis anos na segunda-feira, dia 25. Um centro de interpretação dedicado ao território, história e cultura vimaranenses que preparou uma programação de 12 horas com música, visitas orientadas, oficinas de teatro e de leitura onde os visitantes vão até colocar a mão na massa. Todas as atividades são de entrada gratuita.

No Porto para ver a exposição "Ver Cegueira Adentro", de Agostinho Santos, interpretando obras de José Saramago. Com curadoria de Valter Hugo Mãe.  Acontece nas galerias da Casa Comum da Reitoria da Universidade do Porto. A entrada é livre. 

Se gosta de viajar e de livros sobre viagens, encontramos o festival certo para visitar. Chama-se Latitudes – Literatura e Viajantes, que não é mais do que o ponto de encontro por excelência dos apaixonados pelos dois universos que lhe dão nome. E tem tudo: desde lançamentos de obras a experiências literárias para os mais novos; uma feira do livro; espetáculos de música e dança. Onde fica? Em Óbidos até domingo.

Partilhar