Ouça a M80, faça o download da App.
Agora ia... Reis, rainhas e burricadas
Ana Bernardino
Partilhar

Agora ia... Reis, rainhas e burricadas

Ana Bernardino

Sugestões para o seu fim de semana.

Agora ia... numa viagem muito especial pela história de Portugal, uma visita encenada ao Palácio Nacional da Ajuda e com cicerone de luxo: a sua majestade a Rainha D. Maria Pia de Saboia que narra na primeira pessoa o seu dia a dia, do rei e dos príncipes. Uma viagem divertida ao quotidiano da família real do século XIX que termina com o ensaio do baile do palácio. 

E este fim de semana voltamos ao Museu de Lisboa – Teatro Romano. Durante dois dias, e pela primeira vez, casas particulares, lojas, hotéis e museus abrem as portas em Lisboa para contar a sua história. Trata-se do Open House de Arqueologia. Destaco as visitas aos fornos do século XIX no hotel Mommo em Alfama, os vestígios romanos e islâmicos do século XVIII numa casa particular ou as bancadas do teatro romano. Tudo grátis, mediante inscrição prévia.  

E, como já perceberam, gosto muito de escape rooms. Por isso trago mais uma missão: o novo jogo que é dedicado à Feira popular, que não existe desde 2003. Não tem carrinhos de choque nem montanha-russa, mas tem espelhos mágicos, patinhos de borracha e sons que nos levam até às memorias do parque de diversões. Este é, talvez, o jogo mais desafiante e tecnológico do Escape Hunt de Lisboa, que fica na Baixa Lisboeta. 
Mas tem outras duas salas: a do mistério de Fernando Pessoa dedicada às paixões do poeta – a gastronomia e astrologia – e outra sala que é a Sociedade Secreta, onde os jogadores têm uma hora para provar se são dignos de pertencer a um grupo restrito. 


Agora ia até ao Fundão para o Chocalhos – Festival dos Caminhos de Transumância. O ponto alto desta edição em Alpedrinha é uma caminhada acompanhada por pastores e ovelhas. O percurso começa na Praça do Município do Fundão e segue os caminhos da Gardunha numa experiência incrível (O Paulo Fernandes experimentou e recomenda!).  

Agora ia passear ao final da tarde pelo Parque e Palácio de Monserrate, em Sintra. Até domingo, as últimas horas de sol são dedicadas ao jazz no relvado do parque e palácio de Monserrate, em Sintra. É, aliás, no domingo que acontece um dos momentos altos do Ciclo Jazz em Monserrate, com a atuação de Mário Laginha Trio.  

Agora dois festivais que ligam o vinho à música e à gastronomia: um em Lamego, o outro em Alenquer. 

Começo pelo Norte e por Lamego que recebe o Douro & Porto Wine Festival. Acontece junto ao rio Douro e pelos palcos passam Gipsy Kings, Stranglers e muitos outros. Tem ainda live cooking, degustações e palestras.  

Em Alenquer o fim de semana tem a Alma do Vinho. Com provas de vinho e muita música. No Parque urbano da Romeira, com tudo o que envolve o vinho.  

A terminar uma viagem até á ilha Graciosa, nos Açores, a segunda ilha mais pequena do Arquipélago, que celebra da melhor forma, 15 anos de reserva da biosfera da UNESCO. Até domingo, existem palestras, música e passeios. A agenda é apertada, mas destaco o passeio de bicicleta, pela rota dos geossítios, entre a Caldeirinha de Pêro Botelho e o Centro de Santa Cruz, sábado, às 9h30.  

E no domingo, às 15h30, há uma burricada para apresentação da raça autóctone burro anão.

Se tem curiosidade em conhecer uma reserva da biosfera saiba que existem três em Portugal. A primeira reserva classificada em Portugal foi a do Paúl do Boquilobo, em Riachos, Torres Novas. As outras são as ilhas do Corvo e a Graciosa.  

Partilhar