A m80 em Direto

07h às 11h
Redação
23 julho 2021, 11:27
Partilhar

Xutos & Pontapés em estúdio a preparar novo material

Partilhar
Rúben Viegas (www.checksound.pt)
Redação
23 julho 2021, 11:27
A banda veterana conversou com a nossa rádio. A 28 de agosto, os Xutos sobem ao palco do festival Música no Parque, no Hipódromo Manuel Possolo, em Cascais.


Os Xutos & Pontapés estão no estúdio a ensaiar e a gravar "material novo" e projetam poder partilhar as novas canções com fãs no primeiro trimestre de 2022.

Apesar de terem partilhado a novidade com a nossa rádio, também nos disseram que ainda é cedo para abrir demasiado o jogo. Tim, Kalú e João Cabeleira contaram-nos, numa conversa via Zoom, que ainda estão na fase da fusão criativa de ideias e a gravar a "artilharia" instrumental daquele que seguirá o rasto do disco "Duro" - álbum editado em 2019.    

"Queremos fazer isto sem pressão", disse-nos Tim. "Estamos rodeados por uma equipa nova, tirando o produtor, o João Martins, que já trabalhou connosco nos últimos três discos. Nós somos os mais cotas aqui. Temos uma equipa jovem a fazer a captação de som e de imagens para depois partilharmos o que estamos a fazer com o nosso público. Já que não temos muitos concertos, é uma forma de estarmos mais perto de quem nos segue", continuou.
 



O processo ainda está na casa da partida, garantiu o homem que dá voz às malhas do coletivo histórico, mas dificilmente o novo registo será inspirado na experiência pandémica que virou o mundo ao contrário. "A única coisa boa que a experiência pandémica nos trouxe foi um pouco mais de tempo para estarmos juntos a trabalhar em estúdio. Por esta altura estaríamos na estrada", acrescentou Tim. João Cabeleira subscreve: "temos mais tempo para fazer músicas novas, tempo que numa situação normal não teríamos".

 



"Temos de pensar que este já é o segundo ano [de pandemia]. As coisas estão a ficar cada vez mais exigentes e difíceis. Estamos habituados a trabalhar em grandes recintos, o que não tem estado a acontecer. Como toda a gente, temos de reduzir a expectativa de trabalho para situações menos vantajosas mas que, no fundo, são as possíveis hoje em dia. Pelo andar da carruagem, ao longo do verão, o trabalho vai continuar a ser escasso", desabafou Tim. "Parece-me que a intenção e o esforço que foi feito no ano passado em matéria de apoio à Cultura ainda é mais premente e necessário este ano".  
 

 

Os concertos

Os Xutos & Pontapés foram forçados a reagendar o concerto de celebração dos 40 anos, com a Orquestra Filarmónica Portuguesa na Altice Arena, em Lisboa, para 16 de outubro de 2021. Já a presença no festival Música no Parque, em Cascais, foi remarcada para o dia 28 de agosto - último dia do festival

"Vamos ter o concerto em Cascais. Vamos tentar aproveitar ao máximo. Vamos apresentar o mesmo concerto que demos no Porto [Super Bock Arena Pavilhão Rosa Mota]. Vamos aproveitar o melhor possível, para termos as melhores recordações", adiantou Tim sobre o próximo concerto na agenda da banda.  
 

 

"Live @ a Casinha"

Em 2020, durante o primeiro confinamento, a Casinha - o conhecido estúdio dos Xutos & Pontapés - transformou-se numa sala de espetáculos para atuações em live streaming. Os Xutos deram-lhe o nome de "Live @ a Casinha". Todas as semanas, vários artistas, oriundos de diferentes géneros musicais, atuaram na casinha da banda portuguesa que recusou cruzar os braços. 

"Foi fantástico", exclamou Tim. "Fechámos as emissões da Casinha na semana passada. Ao todo, fizemos mais de 70 concertos com artistas de todo o tipo, dos mais consagrados aos mais desconhecidos. Acho que foi muito importante. Vi mais concertos no ano que passou do que talvez nos três anos anteriores. Fiquei a conhecer muitos artistas que não conhecia. Apesar de não ter sido uma experiência muito virada para as grandes massas, foi uma forma de muitos artistas poderem entrar em contacto direto com o seu público mais dedicado para mostrarem o que andam a fazer. Funcionou como uma janela para conseguirmos respirar um pouco. Vamos voltar em setembro. De setembro a fevereiro vamos fazer mais 30 live streamings", acrescentou o músico.

   

Partilhar